fbpx
Quem é o Síndico com Mauro Conte

Quem é o síndico? Com Mauro Conte

 

Essa semana, nosso convidado do quadro “Quem é o síndico?” é um membro do casting do SíndicoLab. Mauro Conte é síndico profissional especializado em implantações, é casado, tem 59 anos e tem dois filhos. Conta com formação em administração de empresas, com especialização em comércio exterior e trabalhou por cerca de 30 anos em empresas multinacionais.

“Transferi muita bagagem dos meus anos em grandes empresas para o mercado condominial”, conta ele.

A trajetória no mercado condominial

“Eu trabalhava na multinacional e morava em um condomínio recém-entregue. Então, eu já tinha uma experiência de implantação mal sucedida. E eu era muito amigo dos donos da construtora. E, para piorar, a administradora cometeu uma falha muito grande financeira, com alguns condomínios, e teve um momento em que ela simplesmente fechou as portas, e o dono sumiu”, lembra ele.

Munido do seu espírito empreendedor e amigo do dono da construtora – além de também conhecer a gerente-geral da administradora, devido ao condomínio onde morava – Mauro se ofereceu para contratar a equipe da administradora.

“O pessoal da construtora achou a ideia boa. Peguei duas salas em um condomínio comercial da própria construtora, trouxe todo esse pessoal para trabalhar comigo, abri uma empresa de administração, e comecei a administrar condomínios que já estavam na carteira da empresa, e também implantações – mas sempre trabalhando na multinacional”, conta ele.

Ele se dedicava à administradora mais no período da noite, finais de semana. E, assim, foi montando a estrutura da empresa. Foi o seu primeiro contato nesse mundo condominial, em 1997. A administradora foi tocada por ele por cerca de cinco anos.

“Eu já não tinha mais condições de tocar. Passei a ter um cargo que demandava viagens. Eu era responsável por um segmento que atendia Mercosul e viajava quase 15 dias por mês. Então, vendi essa empresa para outra da região, e até hoje eles continuam com alguns condomínios que eu implantei naquela época”, relembra Mauro.

E Mauro ficou com essa boa experiência na memória, e uma ideia de trabalhar com algo relacionado ao mercado condominial quando acabassem seus projetos na multinacional.

“Durante a fase que eu trabalhei como administrador, percebi que os síndicos tinham muito boa vontade, eram muito dedicados, mas não conheciam a lei, as questões técnicas. Então, um amigo meu, me sugeriu de entrar nesse segmento, mas como síndico. E foi aí que tudo começou”, conta ele.

Então, em 2015, ele começou seu projeto de sindicatura profissional, junto com seu irmão, que era engenheiro.

“Infelizmente, meu irmão faleceu em 2021, mas me vi ainda mais motivado. E os desafios que meu irmão colocava. Agora é a hora de botar em prática a minha parte e a parte do meu irmão. Ele tinha desejo de trabalhar com algumas marcas, algumas grandes incorporadoras, e hoje estamos nessas empresas. O dia que entrei lá, a primeira pessoa em quem pensei, foi no meu irmão ”, conta. Hoje, ele já soma cerca de 43 implantações.

Mauro, porém, conta que o primeiro condomínio em que atuou como síndico profissional foi pela indicação de um amigo cujo condomínio estava com problemas.

“O síndico do empreendimento era uma ótima pessoa, mas estava realmente mal assessorado, e havia coisas desorganizadas. Durante três meses emiti recibo e, depois, abri a minha empresa”, conta ele.

Em seguida, ele contou com indicações de amigos, já foi para uma grande incorporadora, e depois de alguns meses já estava fazendo a minha primeira implantação – e onde ele atua até hoje.

“A minha primeira implantação foi em 2016 e sigo lá até hoje. Acabei de ser reeleito para o quarto mandato”, explica.

Confira o vídeo e saiba mais!

Assista outros vídeos da websérie “Quem é o Síndico?”:

Compartilhe com seus amigos

Artigos

Inscreva-se nos cursos SíndicoLab Play!

Colunistas SíndicoLab

Assuntos

Artigos relacionados