fbpx
SíndicoLab Responde
Pode motos na vaga de garagem – SíndicoLab responde

Pode motos na vaga de garagem – SíndicoLab responde

 

A garagem pode ser um grande problema para o síndico, uma vez que há uma miríade de necessidades dos condôminos que mudam de tempos em tempos.

A dúvida da semana do SíndicoLab Responde é sobre isso.

Tenho a vaga de garagem do meu prédio, só que ao invés do carro tenho 4 motos. Posso parar minhas motos dentro da minha vaga ?

Confira as respostas dos nossos especialistas!

Stefan Jacob: Na maior parte dos condomínios que a gente trabalha, existem vagas para guarda de carros e vagas para guarda de motos. Essas vagas são diferentes, a curva de manobra, a área de guarda, o tamanho. Tudo isso é bem diferente até mesmo porque, nas convenções, fala lá que, inclusive, que é uma vaga para um veículo.

Mas a gente entende, e eu tenho visto muitos prédios que estão sendo entregues que existe muito mais uma demanda por vagas de motos do que de carros. Daí, nesses casos, a gente faz um estudo com a quantidade de motos, com a quantidade de moradores que possuem moto mas que tem vaga de carro. Aí, a gente tenta fazer um bolsão com essas vagas de carro que não são utilizadas – a gente separa em um setor, onde vão ficar só motos, para fazer esse bolsão, onde só motos vão poder parar. Essa é a melhor solução.

Ligia Ramos: A dúvida hoje é de uma moradora que tem quatro motos para parar em uma vaga de garagem. A princípio, normalmente, as vagas são para veículos de passeio. Moto é um veículo de passeio? Acredito que sim. Outra coisa que é importante de se dizer é que temos que parar dentro do limite da nossa vaga. Tem aquele retângulo desenhado, e os veículos devem estar parados ali dentro.

Vamos olhar a convenção do seu condomínio e o regulamento interno. Será que existe algo específico contra moto, ou então falando que só pode parar um veículo de passeio. Caso isso exista, é necessário que este item da sua convenção ou regulamento interno, seja alterado, para que você não cometa uma infração.

Mas, em termos genéricos, não haveria problema nenhum. Às vezes, as regras são feitas buscando organizar o espaço onde todos vão morar. Mas não necessariamente elas são imutáveis. Por isso é que existem mecanismos para que a gente os adeque.

Agora, veja bem: Se não pode, o ideal, então, é não parar. É alterar as regras para que você possa usufruir, mas desde que você não atrapalhe seus vizinhos. Você vai colocar quatro motos enormes, pode ficar um volume estranho. A gente também tem que pensar nisso. A gente tem que ter bom senso, para que todo mundo ocupe o espaço de forma igualitária e que todos convivam bem.

Mauro Conte: A questão de vagas de garagem é sempre uma polêmica. Se a vaga é pequena, média ou grande. Mas, via de regra, as convenções preveem que se estacione um veículo por vaga. Então, normalmente, o que a gente vê muito acontecendo nos conflitos é porque a pessoa tem um veículo grande e comprou uma vaga pequena ou média.

No geral, as convenções preveem, então, o estacionamento de um veículo por vaga – independente do tamanho. Então, se eu tenho um veículo muito pequeno, e consigo botar dois veículos, eu posso? Não. A vaga é para um veículo. Exceto, se na convenção do seu condomínio, alguma coisa foi deliberada ou no regulamento interno. Porém, via de regra, não.

A vaga é para o estacionamento de um veículo, respeitando os limites de demarcação, não atrapalhando seu vizinho, não atrapalhando o espaço de manobra, dentro do espaço delimitado.

Confira o vídeo!

Pode motos na vaga de garagem – SíndicoLab respondeCurta nosso YouTube

Curta nosso InstagramCurta nosso Instagram

Curta nosso FacebookCurta nosso Facebook

Pode motos na vaga de garagem – SíndicoLab respondeCurta nosso LinkedIn

Pode motos na vaga de garagem – SíndicoLab responde

Compartilhe com seus amigos

Artigos

Inscreva-se nos cursos SíndicoLab Play!

Colunistas SíndicoLab

Assuntos

Artigos relacionados

Rolar para cima