fbpx

Condomínio sem recursos ? Consórcio pode ser uma alternativa !

Planejamento para a compra ou reforma no momento certo

A falta de recursos para promover benfeitoras e realizar reformas em geral é uma das grandes dificuldades dos condomínios. Seja por falta de um planejamento financeiro ou por inadimplência de condôminos, a necessidade de realizar obras e adquirir equipamentos é sempre pauta das assembleias condominiais. E o consórcio surge como uma solução para tirar esses projetos do papel e promover as melhorias.

Os condomínios que enfrentam dificuldades financeiras não conseguem modernizar elevadores, instalar guaritas, ou reformar áreas de lazer, por exemplo. “Com o consórcio, o condomínio poderá fazer sua previsão de parcelas que cabem no bolso dos moradores, controlado e sem atropelos. Síndicos podem comprar equipamentos de uso coletivo, optando por uma forma de investimento que facilita a administração e os custos com planos especiais”, conta Henrique Muller e Luciene Ribeiro gestores da Unidade Lojacorr Salvador.

O representante vai participar da assembleia para apresentar as condições de crédito para os presentes, e assim formular uma proposta comercial junto com a empresa.

O consórcio é feito pelo CNPJ do condomínio e não precisa de alienação. “Basta apresentar o balancete de 1 ano para análise. Sendo aprovado, o condomínio faz o consórcio. E, na contemplação, poderá comprar os equipamentos, ou fazer uma reforma”, explicou Geniomar Pereira Diretor Comercial da Lojacorr, associada a BR Consórcios.

Condomínio sem recursos ? Consórcio pode ser uma alternativa !Fazendo parte dos trâmites legais do Banco Central, o consórcio para condomínios também exige o lance. “Quem tem pressa faz um logo um lance, ou o condomínio espera ser contemplado. Para isso, segue pagando as parcelas, que pode ser diluída entre todos os moradores e fica bem pequena”, conta Geniomar Pereira – Diretor Comercial da Lojacorr associada a BR Consórcios.

Um consórcio customizado para condomínios residenciais é um projeto que visa atender diversas necessidades dos moradores.

“Assim, esses anseios se tornam uma nova forma de investimento para a antecipação e programação por meio de várias ofertas com diversos planos e prazos de pagamento. Além disso, não é preciso escolher a finalidade do crédito no início do consórcio, é possível utilizá-lo para programar futuros custos”, explicam Henrique e Luciene.

“O consórcio só tem taxa de administração, que sai muito mais em conta que um financiamento, que ainda é dividido pelos moradores. Com isso, ele tem um custo de médio a longo prazo muito mais assertivo”, finaliza Geniomar.

Por: Antônio Castro – Diretor/Radialista Cadê O Sindico e Carla Brayner Editora Cadê O Sindico.

Condomínio sem recursos ? Consórcio pode ser uma alternativa !

 

Condomínio sem recursos ? Consórcio pode ser uma alternativa !Curta nosso YouTube

Curta nosso InstagramCurta nosso Instagram

Curta nosso FacebookCurta nosso Facebook

Condomínio sem recursos ? Consórcio pode ser uma alternativa !Curta nosso LinkedIn

Compartilhe com seus amigos

Artigos

Inscreva-se nos cursos SíndicoLab Play!

Colunistas SíndicoLab

Assuntos

Artigos relacionados

Rolar para cima